Depressão o Fim do Caminho

Ou

Nova Realidade

Depressão

Demência é querer que a vida mude

Fazendo as mesmas coisas”.

Albert Einstein

 

 

 

 

Espero que tudo esteja a ser como deseja, usufruindo de cada momento da vida.

Recebo todos os dias dezenas de cartas eletrónicas, de pessoas de todo o mundo, dependentes de benzodiazepinas e anti depressivos, que procuram desesperadamente libertar-se das drogas extremamente violentas que lhes roubam a vida e os encerraram numa prisão, sem esperança de retorno.
Esta, que acabo de receber de uma minha leitora do Brasil, que, diz assim :

“António a causa de minha ansiedade, stress, depressão, pânico, deve-se a uma incontrolável preocupação com dificuldades financeiras, um medo inexplicável da vida no geral, insegurança social, enfim, causas, talvez, de traumas de infância. Esta é a segunda vez que faço tratamento para depressão e ansiedade. A um ano que tomo cloridrato de venlafaxina) 75 mg, e 1 mg de alprazolam, de manhã e a noite e, sinto-me num beco sem saída. Quero muito deixar este sofrimento, do qual não vislumbro saída.
Por favor me ajude-me.
Vânia Ortega”


Meu comentário

Muito obrigado pela confiança que deposita, e pela honestidade com que expõe seu problema.
Sei quanto podem ser estranhas as palavras que se seguem mas acredite que somente têm a intenção de ajudar na solução do seu problema e não manter tudo em banho-maria, adiando a solução ou remediando.
A sua ansiedade, stress, depressão, pânico, não se deve a uma incontrolável preocupação com dificuldades financeiras, mas a falta de confiança na vida que experiencia. Esta situação bem real que vive, mostra-lhe dois importantes caminhos:

1º O mundo onde se encontra, já não é o seu mundo, você não pertence, não faz parte. A depressão é um o chegar ao fim do caminho… é urgente uma subida de frequência, que hoje se dá o nome de Salto Quântico e que, algum tempo atrás, se chamava de despertar espiritual.

2º O conjunto de conceitos que estruturam a sua vida, já não se adaptam aos dias de hoje e cegam-na, não permitindo enxergar. Essa situação confusa, que tem a função de elevar o individuo, que se encontra preparado para subir á nova dimensão da realidade, reformando a estrutura do paradigma. Assim como a lagarta entra no casulo onde refaz estrutura, tornando-se numa borboleta; Assim acontece quando se chega ao estado que intitularam, a meu ver bem, de depressão. A entrada no casulo, (paragem para examinar e reciclar princípios e valores, que já estão obsoletos) transformando-os em princípios mais amplos que sejam benéficos para si e para toda a humanidade.
Assim aquilo que parecia o fim… é o início de uma nova realidade. É metamorfosear a lagarta em borboleta.


Se não acreditou em uma palavra é porque não existe depressão, doutra forma tinha-se feito luz.
Embora não saiba a sua idade, tenho a certeza que já se deu conta de quanto os seus sentidos a ludibriam. Enquanto teima em se ludibriar pela ilusão da verdade, que os conceitos de antigamente lhe permitem enxergar; não apenas, continua no lugar onde se encontra, como se afunda cada vez mais, como que dançar em areias movediças.
Então como fazer?
Veja como o grande génio Albert Einstein define loucura numa simples mas poderosa frase. “Demência é querer que a vida mude fazendo as mesmas coisas”.


SOLUÇÃO
MUDANÇA & VALORIZAÇÃO


Antes de lhe mostrar o que aprendi ao longo de minha vida, especialmente nos últimos 13 anos que coordenei o primeiro centro internacional de Gestão de Stress e Recuperação Pessoal, onde assisti a tudo que aqui afirmo, vamos fazer algumas considerações que penso muito importantes.
Sejamos práticos, se a forma pensar, resulta em DOR, ANSIEDADE, SOFRIMENTO, porque não se muda a forma de pensar?
Por favor mude.
Como vê é fácil.
Porque é que julga se está certo ou errado a nova forma de pensar?
Como pode julgar?
O segredo é mudar.
Para onde?
Saia o mais rapidamente desse inferno.
Agora você pergunta:
Como é que sei qual a melhor forma de pensar?
Se faz esta pergunta é porque ainda não se cansou de sofrer, e quer continuar usar o estatuto que adquiriu quanto bebé, que fazia birras para conseguir o que queria. Estrebuche e berre bem mais alto, o máximo que puder que o mundo nunca vai ser como você quer.
Prefere continuar a fugir dum mundo novo, onde todos se respeitam, e que não existe razão nem lugar para vitimas?
Se assim quer, vá junto de quem detém a exclusividade legal de drogar e amputar. Tenho a certeza que estão ansiosos por o incluírem na gigantesca legião de toxicodependentes que povoam o mundo governado pelos “ansiolíticos” esmagados entre a CULPA E O MEDO.
Você tem que escolher entre TER RAZÃO e criar cada vez mais DOR e SOFRIMENTO, sobrevivendo ao lado da vida num processo de decadência, que vai justificando. Ou SER FELIZ.
Faça a escolha que fizer, neste momento saiba que a vida é um conjunto infinito de oportunidades e no dia em que se sentir, abandonada, só, desprezada por tudo e todos, não acredite na ilusão de seus sentidos, a vida nunca a vai abandonar, nessa altura alguém estará pronto para a guiar por uma nova vida e por uma nova forma de pensar.


A vida é como um espelho você sorri para ela e ela sorri para você.
Caro leitor independentemente de você me achar um bruto, quero que saiba que acredito em você e sei que nada acontece por acaso. Seria muito mais fácil dar-lhe razão; é verdade, mas não a iria ajudar em nada. Tudo ficava pior adiando cada vez mais a solução. Ao mesmo tempo que a cada dia que passa, você se encontra mais velho e com menos energia para criar a vida de amor alegria e felicidade, razão pela qual nasceu neste planeta abençoado, a que eu chamo paraíso.
Se fizer a escolha ser feliz neste momento, confie incondicionalmente na minha experiencia em reciclagem e recuperação pessoal, e deixe-se guiar numa nova realidade.
PS. Sabe porque lhe provoquei essa revolta, que está sentir? Porque desmascarei seu carcereiro que a mantem refém na escravatura e na dor
Peço desculpa por me ter interessado em que você se sincronize com a felicidade mas é o meu dever como pioneiro de sucesso na recuperação de milhares de pessoas e criador do único programa de recuperação e gestão de stress baseado na prática de 13 anos em recuperações de sucesso
Um abraço fraterno

António Shiva

antonio@solucaoperfeita.com

Nota: O nome mencionado é ficticio, para preservar o anonimato.