Inferno do Materialismo

O Inferno onde mergulhou o materialismoSomos prisioneiros, e não percebemos isso. Apesar de a eletrónica evoluir vertiginosamente nos últimos 30 anos, e a tecnologia de ponta estar ao alcance de todos, e a distância entre continentes se encontrar num clique, o homem moderno vive a escravatura mais impiedosa que alguma vez a humanidade conheceu. Progressivamente tem-se afundado no inferno chamado ansiedade onde trava dia a pós dia uma luta consigo mesmo pela sobrevivência.

– Que insanidade é essa? Lutar pela sobrevivência, contra ele mesmo? Será loucura? Que forças são essas que o homem moderno transporta, que o faz insano e infeliz?

Na verdade é um absurdo, mas multidões em grande correria, famintas de amor, invadem redes sociais, na procura desenfreada pela felicidade, afastando-se cada vez mais delas. Escravos dos empregos e pressões financeiras, reféns da necessidade de superar amigos e colegas; prisioneiros de caprichos reativos e desejos egocêntricos, ao mesmo tempo que dependem da aceitação e aprovação dos outros. Esta é a realidade onde o homem moderno se afundou. Nunca se foi tão infeliz, enleado nas correntes da normose e ego-esclerose, é incapaz de reconhecer a sua própria situação de escravo. Vagueia como alma penada numa dimensão chamada Ansiedade ou vazio existencial.

O que é Ansiedade? Muitas são as explicações, basta procurar no SANTO GOOGLE. Mas a Ansiedade pode ser definida por uma procura mal orientada, incentivada por um sistema de ensino caduco e deformante, que esvazia de vida todos que são apanhados em suas malhas. Inflamando-lhe o ego e destruindo-lhe o Ser, deixam o homem moderno no vazio espiritual, a mercê do seu dono e senhor, e de todas as formas de infelicidade.

Possuído pela Ego-esclerose, vive na ilusão da liberdade de ação, mas na verdade é um escravo do Ego.

Felizmente existe SEMPRE uma solução perfeita e criativa, para cada problema, mas a pessoa possuída pelo ego, jamais acredita. Nem que é comandada pelo ego, nem tão pouco que existe uma solução perfeita e criativa para cada problema.

Você o que acha?

Como é que se criam emoções, sentimentos e ações saudáveis em vez de ansiedade, medo e culpa?

Independentemente da solução que se procure é preciso que o individuo que vagueia perdido no mundo da ansiedade, desperte da neurose em que tem coexistido, e queira libertar-se da ilusão dos sentidos e regressar à vida.

Quando isso acontece todos os caminhos o levam à existência. Porque basta despertar-se da neurose hipnótica em se encontrava. Mas vejamos como esse processo evolui.

Para que existam prazer, alegria, força, êxtase, euforia, poder, sexualidade, confiança, sentimento de poder, coragem para enfrentar qualquer desafio de uma forma saudável e permanente precisa-se transitar da mente competitiva para a mente criativa. Com a qual liberta a dor da reatividade e competitividade, ascendendo ao mundo da criação através da ação da mente criativa. Assim é possível estimular de uma forma saudável e estável neurotransmissores como a dopamina, serotonina e Endorfinas, de uma forma proactiva, conseguindo assim segurança e bem-estar permanente, em paz e liberdade.

Está pronto para a Liberdade?

Lembre-se que é impossível dar a liberdade àquele escravo que não sabe que é escravo.

A Sua Hora à de chegar.

António Shiva