O primeiro passo para transformar uma crise numa bênção é agir apesar do medo. 

Este artigo ou qualquer outro que eu escreva não tem o poder ou intenção de ensinar nada a alguém; mas sim, despertar a verdade dormente que existe dentro de cada um. Assim; por favor não acredite numa só palavra que aqui ler. Mas Leia!

Ansiedade é medo; é não confiar no fluxo da vida, mantendo-se distante dela. A hipótese de vir a ter mais dor que prazer. Mas como saber? Somente fazendo aquilo que se tem medo de fazer se pode saber se vai existir mais dor ou mais prazer.

Seja curioso; prefere morrer sem ao menos tentar viver?

Então não existe outra opção, ou faz e conhece o resultado, ou não faz e torna-se um escravo do medo. Prisão chamada ansiedade, antecâmera da morte, o inferno da vida. O sofrimento atroz que todos os dias me é relatado pelas crises de pânico, de dezenas de internautas que procuram uma palavra, um remédio, uma solução, para aliviar o sofrimento que experimentam fora do fluxo da vida.

E quando se faz, agindo apesar do medo, o resultado é sempre maravilhoso. Nunca se entra em ansiedade, a vida acontece. 

E quando se faz, agindo apesar do medo, o resultado é sempre maravilhoso. Nunca se entra em ansiedade, a vida acontece. 

Vejamos então: “Embora a humanidade habite num mundo inteligente; Justo e Correto; Simples e Perfeito; em que cada um é o autor e realizador de sua vida, responsável pela realidade que experimenta, embora as leis da física se cumpram sempre tanto para quem as conheça como para quem as desconheça, as crenças individuais adulteram e criam a realidade individual e coletiva”.

Agir apesar do medo é a ação de quem, apesar de não confiar no fluxo e processo da vida, quer dar uma razão a sua existência. Ainda que, não tenha grandes opções de escolha. Ou se age apesar do medo; ou se entra no mundo da ansiedade. Prisão para a qual o homem moderno tem sido conduzido, pelas modernas escolas de formatação, que incentivam a competição, o piloto automático da sobrevivência.

Vejamos o porquê:

 

Os ensinamentos através da atitude sábia de Jesus; Lao-Tsé; Confúcio; Buda e tantos outros Mestres Antigos e Modernos assim como alguns Cabalistas famosos, são baseados na perfeita união entre as leis da física e da espiritualidade, que sempre valeram na vida de cada um deles. Que nada mais é, do que confiar no fluxo e processo da vida. O equilíbrio entre as leis espirituais e as leis do universo criam o fluxo chamado vida.

Todos os dias recebo dezenas de pedidos de ajuda, de homens e mulheres de todas as idades, e extratos sociais que desesperadamente esperam um remedio milagroso para a ansiedade que os sufoca.

Porque não se confia no fluxo e no processo da vida? O que é que se possui além da vida? Será inteligente não confiar na única coisa que possuímos; que desde a nossa conceção até ao suspiro final nos manterá nesta dimensão.

Porque se procede assim?

Estas e outras perguntas terão a resposta nos próximos artigos, para que possas refletir. Mas enquanto não tens respostas lembra-te que para transformar uma crise numa bênção é preciso:

AGIR APESAR DO MEDO

António Shiva

antonio@solucaoperfeita.com

 

Continue a ler…